segunda-feira, 28 de julho de 2014

CELEBRAÇÃO PREPARATÓRIA PARA O XIV CONGRESSO NACIONAL DA PASTORAL FAMILIAR




ASob a inspiração do tema: “Família, transmissora da fé”, as famílias do Estado do Maranhão, na Arquidiocese de São Luís, a “Ilha do Amor”, bem como todos os promotores da família cristã do regional Nordeste 5 estarão de braços e corações abertos, acolhendo os agentes evangelizadores da família no XIV Congresso Nacional da Pastoral Familiar, no período de 26 a 28 de setembro de 2014. Nesse momento tão importante na caminhada de evangelização em favor da família, queremos nos unir, em oração, pelo bom êxito do Congresso e nos colocar como discípulos missionários na promoção da família.
Canto: Oração da Família – Pe. Zezinho
A – Em nome do Pai e do Filho e do Espírito Santo.
Todos – Amém!
Oremos
  Pai de bondade, unidos com todos os agentes de evangelização em favor da família doméstica, em especial àqueles que estão preparando o Congresso e os que irão participar, pedimos em nome de Jesus Cristo, na força e coragem do Espírito Santo, as mais copiosas bênçãos para a fecundidade e comunhão dos trabalhos e projetos elaborados e desejados em nosso XIV Congresso da Pastoral Familiar. Pedimos pela intercessão amorosa de Nossa Senhora da Vitória, e de São Luís.
Todos – Amém!
CasalNo nosso encontro da unidade e oração, rezemos juntos o Salmo (126).
Todos – Agora, Senhor, olhai as ameaças que fazem e concede que os Teus filhos anunciem corajosamente a Tua palavra (At 4,29).
Leitor 1 – Se o Senhor não constrói a casa, em vão labutam os seus construtores. Se o Senhor não guarda a cidade, em vão vigiam os guardas.
Leitor 2 – É inútil que vocês madruguem e se atrasem para se deitar, para comer o pão com duros trabalhos: aos seus amigos, ele o dá enquanto dormem!
Leitor 1 – A herança que o Senhor concede são os filhos, seu salário é o fruto do ventre.
Leitor 2 – Os filhos da juventude são flechas na mão de um guerreiro.
Leitor 1 – Feliz o homem que enche sua aljava com elas: não será derrotado nas portas da cidade quando litigar com seus inimigos.
CasalGlória ao Pai e ao Filho e ao Espírito Santo.
Todos – Como era no princípio agora e sempre, amém.
Todos – Agora, Senhor, olhai as ameaças que fazem e concede que os Teus filhos anunciem corajosamente a Tua palavra (At 4,29).
A – Peçamos ao Espírito Santo bênçãos para o nosso Congresso.
- Por todos os agentes da família que estão organizando o nosso Congresso, em especial, o regional Nordeste 5, para que esse nosso momento de encontro seja fecundo, rezemos:
Todos – Abençoai, Senhor, o nosso Congresso.
- Pelos agentes de evangelização em favor da família, para que diante dos desafios pastorais sejam corajosos na promoção de uma sociedade construída nos valores cristãos, rezemos:
Todos – Guardai, Senhor, os participantes do nosso Congresso da Pastoral Familiar.
- Que os coordenadores de Pastoral Familiar, movimentos e serviços possam nesse nosso Congresso renovar o compromisso de promover a beleza da família cristã, rezemos:
Todos – Protegei, Senhor, os promotores da vida e da família.
- Para que Deus recompense e retribua a todos que ajudaram financeiramente e espiritualmente o nosso Congresso, rezemos:
Todos – Conduzi, ó Bom Pastor, nossos passos na paz.
Bênção
A – Que Deus Pai conceda a todos os que promovem e ajudam no XIV Congresso , fortaleza e “docilidade de alma”.
T Amém!
A – Sob os cuidados do Bom Pastor, os participantes do Congresso da Pastoral Familiar, em São Luís – MA, cresçam em graça e sabedoria.
T Amém!
A – Infundi, Espírito Santo, em todos nós, que acreditamos e amamos a família cristã, os dons da fortaleza, sabedoria, ciência, conselho, entendimento, piedade, temor de Deus.
T Amém!
A –Pela intercessão de Nossa Senhora da Vitória, padroeira de São Luís a bênção de Deus Pai, Filho e Espírito Santo.
T Amém!
A –Viva a família cristã!
T Viva!

sábado, 26 de julho de 2014

CELEBRAÇÃO PARA O DIA DOS AVÓS

     Realizado hoje a noite na residência da Srª Gina, o encontro celebrativo do dia dos avós.



 Momento de bênçãos para os avós

sexta-feira, 25 de julho de 2014

3º Encontro do Hora da Família na Comunidade Centro

     Realizado hoje a noite na residência da Srª Loura, na Comunidade Centro, o 3º Encontro do Hora da Família (Família de Nazaré, modelo de espiritualidade pela confiança e obediência).




CELEBRAÇÃO PREPARATÓRIA PARA III ASSEMBLÉIA GERAL EXTRAORDINÁRIA DO SÍNODO DOS BISPOS




(Synodus Episcoporum)
(Os desafios pastorais sobre a família no contexto da evangelização)
AA missão pregar o Evangelho a cada criatura foi confiada, diretamente, pelo Senhor, aos seus discípulos, e dela a Igreja é portadora na história. Na época em que vivemos, de evidente crise social e espiritual, torna-se um desafio pastoral que interpela a missão evangelizadora da igreja para a família, núcleo vital da sociedade e da comunidade eclesial.
A – Unidos ao coração do nosso Papa Francisco e de todos os nossos pastores diante dos deságios pastorais sobre a família no contexto da evangelização, iniciemos nossa celebração, em nome  do Pai e do Filho e do Espírito Santo.
T Amém!
Profissão de fé na família
Leitor 1 – Cremos na pessoa humana como imagem e semelhança de Deus.
Leitor 2 – Cremos na família que manifesta como “Igreja doméstica”.
Leitor 3 – Cremos que no amor nupcial entre o homem e a mulher acontece “o grande mistério”, que torna presente no mundo o amor de Cristo e da Igreja.
Leitor 1 – Cremos que a família constitui o fundamento e o futuro da humanidade.
Leitor 2 – Cremos na espiritualidade de comunhão cristocêntrica na família.
Leitor 1 – Cremos que a família como lugar privilegiado e adequado para a felicidade.
T – Cremos que a aliança matrimonial, pela qual um homem e uma mulher constituem entre si uma comunidade íntima de vida e de amor, foi fundada e dotada das suas leis próprias pelo Criador. Pela sua natureza, ordena-se ao bem dos cônjuges, bem como à procriação e educação dos filhos. E que, entre os batizados, foi elevada por Cristo Senhor à dignidade de sacramento.
Queremos:
Leitor 1 – Assumir e promover os ensinamentos da Sagrada Escritura e do Magistério da Igreja sobre a beleza da família cristã, formada por um homem e uma mulher, abertos a vida.
Leitor 2 – Ter a cada dia mais a convicção de que a família é querida e criada por Deus.
Leitor 1 – Fortalecer a Comissão para a vida e a família na evangelização da família.
Leitor 2 – Seguir os passos pastorais, da Igreja, Mãe e Mestra, com os matrimônios que encontram-se em situações difíceis.
Leitor 1 – Acompanhar e auxiliar, com a ternura e propriedade, a transmissão e educação da fé cristã aos filhos no contexto das situações de matrimônios irregulares.
Leitor 1 – Promover e defender a vida desde o seu início na fecundação até seu término natural.
T – Acima de tudo acreditar, amar, anunciar e promover a beleza da família cristã como Santuário de Fé e Vida.
A – Como Igreja una, santa, católica, apostólica, de mãos dadas rezemos, como filhos de Deus, a oração que Jesus nos ensinou. Pai nosso ...
Oremos
     Trindade Santa, queremos ser, a cada dia mais, Igreja doméstica e participar, ativamente, pela nossa oração e compromisso evangélico com a promoção da família. Pedimos ao Espírito Santo que ilumine nossos Pastores no Sínodo Extraordinário no anúncio do Evangelho nos atuais deságios pastorais a respeito da família. Por Cristo ressuscitado. Amém!
Bênção fianl
A – Pai Santo, concedei fé verdadeira e corajosa para os membros da nossa família para descobrirmos juntos, a cada dia, a vocação ao amor como dom recíproco.
T – Amém!
A – Jesus ressuscitado, suplicamos as graças necessárias que nos asseguram no amor cristão, porque o seu fundamento se encontra na fidelidade de Deus, que é mais forte do que toda a nossa fragilidade.
T – Amém!
A – Espírito de unidade que nos impulsiona a missão de pregar o Evangelho a cada criatura, diante dos desafios da evidente crise social e espiritual atual que interpela a missão evangelizadora da Igreja para a família, núcleo vital da sociedade e da comunidade eclesial.
T – Amém!
A –Em nome do Pai e do Filho e do Espírito Santo.
T Amém!
A –Viva o Papa Francisco!
T Viva!
A –Viva os nossos Bispos!
T Viva!
A –Viva as nossas Famílias!
T Viva!

quinta-feira, 24 de julho de 2014

CELEBRAÇÃO: FAMÍLIA E FRATERNIDADE




(Colocar no centro de uma mesa uma Bíblia aberta, vela, flores, o cartaz da Campanha da Fraternidade 2014 e a Sagrada Família)
AQueridos irmãos e irmãs, sejam bem-vindos! Celebrando a fraternidade ensinada por Jesus Cristo, vamos refletir sobre o tema da Campanha da Fraternidade 2014, preparando-nos melhor para Páscoa do Senhor. O tema dessa ano é “Fraternidade e Tráfico Humano”; o lema, “É para a liberdade que Cristo nos libertou” (Gl 5,1). Que este encontro nos ajude a tomarmos consciência da realidade geradora de sofrimentos e morte em nossa sociedade, e nos ilumine em seu enfrentamento.
Canto Hino da CF 2014
É para a liberdade que Cristo nos libertou, Jesus libertador!/ É para a liberdade que Cristo nos libertou!
  1. Deus não quer ver seus filhos sendo escravizados,/À semelhança e à sua imagem, os criou. Na cruz de Cristo,/ foram todos resgatados/ Pra liberdade é que Jesus nos libertou!
  2. Há tanta gente que, ao buscar nova alvorada,/ Sai pela estrada a procurar libertação; Mas como é triste ver, ao fim da caminhada,/ Que foi levada a trabalhar na escravidão!
 3. E quantos chegam a perder a dignidade,/ Sua cidade, a família, o seu valor. Falta justiça, falta mais fraternidade Pra libertá-los/ para a vida e para o amor!
 4. Que abracemos a certeza da esperança, Que já nos lança, nessa marcha em comunhão. Pra novo céu e nova terra da aliança, De liberdade e vida plena para o irmão…
A – Em nome do Pai e do Filho e do Espírito Santo.
T Amém!
TSenhor, que, em Vosso projeto de vida, nos chamais a viver fraternalmente, fazei-nos solidários com nossos irmãos e irmãs vitimados pelo tráfico humano e com sua libertação. Por nosso Senhor Jesus Cristo, vosso Filho, que convosco vive e reina para sempre. Amém!
Leitor 1 – A Igreja Católica no Brasil escolheu “Tráfico Humano” como tema da Campanha da Fraternidade deste ano, porque esse crime se “constitui em ofensa ultrajante contra a dignidade humana, além de ser uma grave violação dos direitos humanos fundamentais”.
Todos – É para a liberdade que Cristo nos libertou.
Leitor 2 – O tráfico humano é um crime organizado, com ramificações por toda a sociedade. Dessa rede, participam pessoas de várias áreas e classes da sociedade. Mas não é fácil identificar os traficantes, que, geralmente, estão bem próximos das vítimas.
Todos – É para a liberdade que Cristo nos libertou.
Leitor 3 – “As vítimas são enganadas a respeito das suas atividades futuras e já não são livres de decidir a respeito da sua própria vida. Acabam em situações semelhantes à escravidão ou à servidão, das quais é muito difícil fugir. Ameaças e violência são, com frequência, utilizadas em ordem a esta finalidade”.
Todos – É para a liberdade que Cristo nos libertou.
Leitura da Palavra – Lc 4, 17-21
     Deram-lhe o livro do profeta Isaías. Abrindo o livro, jesus encontrou a passagem onde está escrito: “O Espírito do Senhor está sobre mim, porque ele me consagrou com a unção, para anunciar a Boa Notícia aos pobres; enviou-me para proclamar a libertação aos presos e aos cegos  a recuperação da vista; para libertar os oprimidos e para proclamar um ano de graça do Senhor.” Em seguida jesus  fechou o livro, o entregou na mão do ajudante, e sentou-se. Todos os que estavam na sinagoga tinham os olhos fixos nele. Então Jesus começou a dizer-lhes: “Hoje se cumpriu essa passagem da Escritura, que vocês acabam de ouvir.”
Pistas para a reflexão:
A – O tráfico humano é uma grave ofensa ao projeto de fraternidade de Deus e fere a dignidade e os direitos humanos. A Igreja, por meio da Campanha da Fraternidade 2014, quer testemunhar que “é para a liberdade que Cristo nos libertou” aos irmãos e irmãs que sofrem com escravidões como a do tráfico humano. Por isso elevemos nossas súplicas ao Deus libertador rezando:
(Pai-nosso e Ave Maria)
A – Encerremos nosso encontro pedindo que Deus derrame em nosso coração o seu amor e a sua verdade, rezando a oração da CF 2014.
Ó Deus, sempre ouvis o clamor do vosso povo
e vos compadeceis dos oprimidos e escravizados.
Fazei que experimentem a libertação da cruz
e a ressurreição de Jesus.
Nós vos pedimos pelos que sofrem
o flagelo do tráfico humano.
Convertei-nos pela força do vosso Espírito,
e tornai-nos sensíveis às dores destes nossos irmãos.
Comprometidos na superação deste mal,
vivamos como vossos filhos e filhas,
na liberdade e na paz.
Por Cristo nosso Senhor. AMÉM!
A – Que o Senhor nos dê a graça de caminharmos na liberdade, servindo aos mais pobres e lutando pela libertação de todos. Em nome do Pai e do Filho e do Espírito Santo. Amém!

Canto