sexta-feira, 4 de setembro de 2015

APRESENTADO RELATÓRIO EM QUE DEFINE "FAMÍLIA" COMO UNIÃO ENTRE HOMEM E MULHER




     O relator do projeto de lei que cria o Estatuto da Família, deputado federal Diego Garcia (PHS-PR), apresentou nesta quarta-feira (2) o parecer no qual define a família como a união entre homem e mulher por meio de casamento ou união estável, ou o núcleo formado por um dos pais mais os filhos. Ao concluir a leitura do relatório, o parlamentar do PHS foi aplaudido na comissão especial que discute o tema, composta majoritariamente por integrantes da bancada evangélica.
     O projeto trata dos direitos da família e das diretrizes das políticas públicas voltadas para atender a entidade familiar em áreas, como saúde, segurança e educação.
     Sem a presença de representantes de entidades ligadas aos movimentos LGBT, a sessão desta quarta da comissão especial foi destinada apenas à leitura do relatório, não tendo ocorrido debates entre os parlamentares. Agora que o parecer foi apresentado, os deputados terão até cinco sessões para sugerirem emendas, que poderão ou não ser incluídas por Garcia no seu relatório final.
     De autoria do deputado Anderson Ferreira (PR-PE), a proposta do Estatuto da Família tramita na Casa desde 2013. Neste ano, o presidente da Câmara, Eduardo Cunha (PMDB-RJ), criou uma comissão especial para discutir o assunto.
     No texto lido nesta quarta, Garcia afirma que o projeto cumpre o que ele chama de “inglória missão de evidenciar o óbvio” e diz que o Judiciário errou ao reconhecer a união estável entre pessoas do mesmo sexo. Ele argumentou que seu relatório se baseia na definição da Constituição sobre família, que, para efeito da proteção do Estado, reconhece a entidade familiar como a união estável entre um homem e uma mulher.
     Para contemplar as uniões homoafetivas, Diego Garcia propôs a criação de uma nova denominação, a “parceria vital”, para reconhecer o que ele chama de "enlace entre duas pessoas". Segundo ele, essa parceria não teria conexão com a procriação ou a constituição de uma família, mas serviria para a garantia de benefícios previdenciários.
     O relator nega, contudo, que o projeto irá reforçar o preconceito na sociedade. “O projeto de lei não exclui ninguém, ele valoriza a família, base da sociedade, e cria algo inovador, porque, desde 1988, o Congresso Nacional vinha se calando, se omitindo a respeito da família. E hoje estamos dando um grande avanço com essa discussão”, disse Garcia ao final da sessão.
     Questionado sobre se a aprovação do projeto derrubaria a decisão de 2011 do Supremo Tribunal Federal (STF) que reconheceu a união estável entre homossexuais, o relator disse que a proposta ainda tem um longo caminho pela frente no Congresso até virar lei.
     Ele defendeu, porém, a necessidade de o Legislativo se manifestar sobre o tema. “Eu não sei dizer se derrubaria [a decisão do Supremo], mas traz uma inovação e traz uma posição do parlamento a respeito dessa matéria”, enfatizou.
'Retrocesso'
     Ao final da sessão desta quarta da comissão especial, a deputada Érika Kokay (PT-DF) classificou a proposta de Diego Garcia de “retrocesso”. Ligada aos movimentos sociais de direitos humanos, a parlamentar petista acusou o relatório de reafirmar uma “lógica homofóbica e de exclusão”.
     Na opinião de Érika Kokay, o preconceito perpassa todo o relatório e, dificilmente, poderá ser corrigido com sugestões de alteração. Ela advertiu que deve apresentar um voto em separado.
     “Vamos utilizar todos os instrumentos legislativos possíveis para que possamos impedir a institucionalização da homofobia através deste projeto e o retrocesso em direitos de vários segmentos da sociedade”, ressaltou a petista.
     A deputada também chamou o relatório de Diego Garcia de “absurdo”. Ela citou Nelson Rodrigues para criticar o texto do colega do PHS.
     “Não dá para menosprezar o absurdo. Muitas vezes, o absurdo é tão nítido, é tão concreto, que a tendência é que você possa menosprezá-lo. Não dá para menosprezar o absurdo porque o absurdo, tem razão Nelson Rodrigues, está literalmente perdendo a modéstia. Este parecer é uma prova inconteste disso”, disse.
     Embora a proposta tramite em caráter conclusivo na comissão, a petista informou que, caso seja aprovada, ela apresentará recurso para que seja analisada pelo plenário.
Fernanda Calgaro Do G1, em Brasília - 02/09/2015

quinta-feira, 3 de setembro de 2015

FORMAÇÃO PARA NOIVOS - SETEMBRO 2015

     Palestra no salão São Francisco, para os Noivos que estão buscando o Sacramento do Matrimônio.

Casal Batista & Socorro conversando com os noivos sobre a "Sexualidade no Matrimônio"

domingo, 9 de agosto de 2015

ABERTURA DA SEMANA NACIONAL DA FAMÍLIA 2015

    Hoje pela manhã iniciamos a abertura da Semana Nacional da Família (SNF 2015), com uma carreata, onde percorremos as ruas de nossa paróquia. Após a carreata tivemos a Celebração Eucarística presidida por Frei Santos, onde liturgicamente deu-se a abertura da SNF. Fechamos a manhã com a confraternização dos pais no salão Santo Antônio.
 
Agente pastoral Yrtes fazendo a abertura da confraternização dos pais, no salão Stº Antônio

sexta-feira, 7 de agosto de 2015

FORMAÇÃO PARA NOIVOS - AGOSTO 2015

     Com os noivos no salão São Francisco, conversando sobre os temas: Plano de Deus, Paternidade Responsável, Sexualidade no Matrimônio e Sacramento do Matrimônio.

 Na noite de 06/08.
Jurandir, falando com os noivos sobre o "Sacramento do Matrimônio"

domingo, 2 de agosto de 2015

REUNIÃO MENSAL DO CPP - AGOSTO 2015




Momento em que cantamos o "parabéns" pelo dia do padre

- Formação – sobre o capítulo V, do documento 100 (Comunidade de comunidades: uma nova paróquia).
- Oração de abertura da reunião.
A – Pauta da Reunião
01 – Reestruturação da equipe missionária (agentes da missão). Além dos membros que atuavam, fazem parte desta equipe: Frei Gildasio (assessor) Maria Lucia (Secretaria), Raimundinha (vice-secretaria), Daniel, Wilson, Jocélio e Lucia de Fátima.
     - A equipe se reunirá toda primeira 2ª feira de cada mês; e
     - A equipe de apoio será constituída por Francisco (Bom Conselho), Lídia (São Benedito, Hercila (N.Srª do P. Socorro) e Vera (N. Srª de Fátima).
      - Acontecerá dias 05 e 06/09, retiro para os missionários na Ilha Grande – 3 representante por Comunidade e 1 representante por grupo/movimento/pastoral. Taxa individual = R$ 5,00. As Comunidades contribuirão com frutas para os lanches.
02 – Ordenação presbiteral do Diácono Jeremias – dia 04 do corrente:
     - Não haverá Missa das 17:30h na Matriz; e
     - Não haverá a Hora Santa em honra a São Francisco.
03 – Semana Nacional da Família:
     - Dia 09 do corrente, às 06:30h – abertura com carreata no percurso: Av, São Sebastião – Franklin Veras – Samuel Santos – Armando Cajubá – Av. Gov Chagas Rodrigues – Av. N. Srª de Fátima – Benedito dos Santos Lima – Ceará – Tabajara – Anhanguera – Armando Cajubá – Av. São Sebastião. Após a chegada da carreata, Missa às 08:00h e às 09:00h confraternização pelo dia dos pais.
     - Dia 10 do corrente, às 17:30h – celebração de bodas matrimoniais;
     - Dia 12 do corrente, às 18:00h – Via Sacra da Família no percurso Comunidade São Benedito – Comunidade N. Srª de Fátima – Comunidade Santa Clara;
     - Dia 13 do corrente, às 18:00h – Adoração ao Santíssimo na Comunidade N. Srª. Da Conceição;
     - Dia 15 do corrente, às 18:00h – Caminhada da Família, com início na Comunidade N. Srª. da Consolação até a Comunidade Cristo Rei. Em Cristo Rei haverá Missa de Renovação das promessas Matrimoniais.
04 – Missão na Comunidade Cristo Rei:
     - Dia 10 do corrente, às 19:00h - Espiritualidade.
05 – Visita da imagem de N. Srª. da Graça em nossa Paróquia:
     - Dia 16 do corrente, às 18:30h chegará na Matriz, vinda da Comunidade São Francisco da Guarita. Da Matriz irá para Comunidade Cristo Rei;
     - Dia 17 , às 07:30h sairá da Comunidade Cristo Rei com destino ao Abrigo São José. Às 10:00h sairá do Abrigo São José com destino a Comunidade N. Srª do Bom Conselho
06 – Assembleia eletiva nas comunidades: alteração de data na Comunidade Santa Clara – 12/09/15.
07 – Novenário de São Francisco:
     - Tema: “Na alegria de servir, promover a paz e cuidar da criação”;
     - Os “folders”, livros e cartazes estarão disponíveis até no máximo dia 09/09/15;
     - Percurso da procissão no dia 04/10/15: Av. Cel Lucas – Av. das Normalistas – Av. Princesa Isabel (encontro na Comunidade São Francisco da Guarita). Fim adequar com a “Caminhada pela paz”;
     - Motivar o cuidado com o lixo produzido durante o novenário.
08 – Encontrão da Crisma – dia 23 do corrente pela manhã nos salões São Francisco e Santo Antônio.
09 – Noite da paróquia no novenário de Nossa Senhora da Graça – 04/09.
10 – Retiro com as missionárias da Mãe Rainha, Terço dos homens e terço das mulheres – dia 23/08 a partir das 08:00h, na Comunidade Nossa Senhora do Perpétuo Socorro.
11 – Assembleia do Terço dos homens – dia 30 do corrente, às 08:00h no Salão São Francisco.
12 – Próxima reunião do CPP – dia 0-9/09, às 18:30h.
13 – Avisos:
        . de Frei Santos:
      - III Romaria da Família, à São Benedito – dia 13/09:
         . Haverá 4 ônibus
         . Valor individual ida e volta – R$ 60,00
         . Neste dia haverá Missa apenas na Matriz, às 17:30h e a Missa na Comunidade João Paulo II, por estar no novenário.
     . de Afonso:
     - Falou sobre a necessidade de cumprirmos o contido no Diretório Administrativo da Diocese, deixando bem claro nas prestações de contas as entradas e saídas.
     - Ficou acertado que a data do fechamento contábil mensal será dia 25 de cada mês.
     . Maria Luiza falou sobre a formação litúrgica que acontecerá nos dias 29 e 30 do corrente à tarde.
     . Edvan falou da reunião que acontecerá dia 03 do corrente, às 18:30h com os agentes da Pastoral do Batismo das Comunidades.
     . Jurandir falou sobre a visita inopinada que acontecerá, de Dom Alfredo à catequese de nossa paróquia.
     . Gilberto convidou a todos para o novenário da Comunidade de Nossa Senhora da Consolação – 26/08 a 04/09.
     . Wilson convidou a todos para o novenário da Comunidade Santa Clara – 02 a 11/08.

domingo, 19 de julho de 2015

1º Encontro do HF 2015 - COMUNIDADE NOSSA SENHORA DA CONSOLAÇÃO

     Na noite de hoje estivemos acompanhando na Comunidade Nossa Senhora da Consolação, os catequistas da Comunidade que fizeram o 1º encontro do Hora da Família 2015 com o tema: "Gerados no amor de Deus e enviados a manifestá-lo aos outros", que aconteceu na residência do casal Dorival & Bete.

 

sexta-feira, 10 de julho de 2015

VIDA CONSAGRADA E FAMILIAR - Hora da Familia 2015

VIDA CONSAGRADA E FAMILIAR - FAMÍLIA: CELEIRO DE VOCAÇÕES MATRIMONIAIS E CONSAGRADAS


I Acolhida
Depois de uma acolhida calorosa e espontânea.
D – Aqui estamos na tua presença Senhor, para ouvir tudo o que tens a nos dizer. Queremos estar cada vez mais abertos ao teu chamado!
L 1 – Senhor Jesus, nós te louvamos e agradecemos pelo grande jardim e pomar que é tua Igreja, com flores e frutos de todos os tipos, sabores e cores, ou seja: com vocações variadas e tantos dons diferentes para enriquecer nossa missão no mundo”
T – (cantando) “Eis-me aqui Senhor! Eis-me aqui Senhor! Prá fazer tua vontade...”
II – A palavra de Deus 
D Mt 19, 4-6; 10-12 – “Jesus então lhes disse: Vocês não leram o que a escritura diz: ‘No começo o criador os fez homem e mulher. Por isso o homem deixa seu pai e sua mãe e os dois tornam uma só carne!’ Assim já não são duas pessoas, mas uma só. Portanto, ninguém separe o que Deus uniu (...) Os discípulos lhe perguntaram: ‘Se é esta situação entre o home e sua esposa, então é melhor não se casar’. E Jesus respondeu: ‘Isso não é para todos, pois há razões diferentes que tornam alguns homens eunucos. Há eunucos que nasceram assim, outros que os homens os fizeram assim e outros que SE TORNARAM EUNUCOS PELO REINO DO CÉU!’ Quem puder entender, que entenda!”
L 1 – Jesus nos fala de duas vocações definitivas, o matrimônio e a virgindade consagrada. Paulo entendeu bem esse convite. Por isso ele disse aos cristãos de Corinto: “Gostaria que todos os homens fossem tais como também eu sou; no entanto, cada um tem de Deus o seu próprio dom; um, na verdade, de um modo; outro, de outro.” (1 Cor 7)
L 2 – Essa consagração exclusiva a ti Senhor é um dom muito presente desde o início do cristianismo. A Tua Palavra que salva chegou a muitos lugares da Terra, e ainda chega, por causa dessa dedicação exclusiva de corações enamorados unicamente de ti.
L 3 – Do mesmo modo, muitos foram aqueles que acolheram o chamado ao matrimônio, para também dar frutos dignos do Reino de Deus. São dois modos diferentes de te seguir Senhor.
Canto
III – Rezando a partir da palavra
D – Vamos rezar agora a partir das palavras do Papa Francisco, que nos fala da beleza e do desafio de se abrir aos dons que duram para sempre!
L 1 – “Uma vez ouvi um seminarista, um bom seminarista, que dizia que queria seguir Cristo, mas por dez anos, e depois pensaria em começar outra vida... Isto é perigoso” Ouçam bem: todos nós, também nós mais velhos, inclusive nós, estamos sob a pressão desta cultura do provisório; e isto é perigoso, porque assim não se joga a vida de uma vez para sempre”.
L 2 E prosseguiu o Papa: “Eu caso-me enquanto o amor dura; eu faço-me freira, mas por um ‘tempinho...’, ‘um pouco de tempo’, e depois verei; eu faço-me seminarista para ser padre, mas não sei como vai acabar a história. Não pode ser assim com Jesus! Eu não vos reprovo, reprovo esta cultura do provisório, que nos fustiga a todos, porque não nos faz bem!”
L 3 – “É esta insegurança do amor” – diz o papa Francisco – “que não é certa: é o amor apenas ‘para prova’ (...) Sabemos que tudo isto pode satisfazer alguns desejos, dar algumas emoções, mas no final é uma alegria que permanece na superfície, não desce ao íntimo, não é uma alegria íntima: é a sensação de um  momento que não dá a verdadeira felicidade. A alegria não é a emoção de um momento: é outra coisa!”
(breve pausa para meditação)
L 1 – E o papa ainda diz: “A verdadeira alegria não vem das coisas, do ter, não! Nasce do encontro, da relação com os demais, nasce do sentir-se aceito, compreendido, amado e do aceitar, do compreender e do amar: e isto não pelo interesse de um momento, mas porque o outro, a outra é uma pessoa. A alegria nasce da gratuidade de um encontro! (...)  E é precisamente isto que Deus nos faz compreender. Ao chamar vocês, Deus lhes diz: ‘Tu és importante para mim, eu amo-te, conto contigo’. Jesus diz isto a cada um de nós! Disto nasce a alegria! A alegria do momento no qual Jesus olhou para mim!”
L 2 – “Compreender e sentir isto” – explica Francisco – “é o segredo da nossa alegria. Sentir-se amado por Deus, sentir que para Ele nós não somos números, mas pessoas; e sentir que é Ele que nos chama!”
L 3 – Ouçamos uma vez mais, o Papa Francisco falando aos jovens em Assis: “Não tenham medo de dar passos definitivos. Existe certo sentimento de medo frente à realidade do compromisso, como algo definitivo. Quem não tem medo de abraçar a vocação matrimonial tendo a consciência de que é para a vida toda? Qual jovem não sentirá medo de abraçar o sacerdócio? Ou qual jovem não sentirá como desafio o chama a uma vocação de consagração total a Deus?”
T(cantando) “Me chamaste para caminhar na vida contigo...”.
Reza-se o Pai-nosso
D – Senhor Deus, que continuas a passar pelo cotidiano de nossas vidas, ajuda com a tua graça as crianças, os jovens e os adultos, a ouvir o teu chamado e a te seguir pelas estradas do mundo. Para que cada um responda com generosidade ao assumir a vocação matrimonial e familiar ou a vida consagrada. Faze com que nossos lares estejam abertos a acolher, acompanhar e sustentar as vocações que suscitastes. Amém!
Canto
IV – Encerramento
D  “O Senhor te abençoe e te guarde, o Senhor faça brilhar o seu rosto sobre ti e te conceda sua graça, o Senhor volte para ti a tua face e te dê a paz!”
 D – Estivemos aqui reunidos, em nome do Pai, do Filho e do Espírito Santo!
Canto